Resumo do anúncio

A Associação Laboratório Colaborativo para o Trabalho, Emprego e Proteção Social (CoLABOR), com financiamento do Programa Operacional Lisboa 2020, domínio Temático da Competitividade e Emprego, através do Fundo Social Europeu (FSE), tem aberto um concurso para a contratação de 1 (um) Recurso Humano Altamente Qualificado para o desenvolvimento de atividades no âmbito do seu plano de atividades.

A abertura do presente procedimento concursal decorre da decisão de financiamento pelo Programa Operacional Lisboa 2020, domínio Temático da Competitividade e Emprego, através do Fundo Social Europeu (FSE), o qual prevê a contratação de Recursos Humanos Altamente Qualificados, nomeadamente licenciados, mestres e doutorados, para o desempenho das funções de investigação científica associadas ao plano de atividades decorrentes do período de execução do mesmo.

Procura-se um perfil na seguinte área:

 

Referência: CoLABOR/08/2019

Formação: Licenciatura/Mestrado, preferência na área da Engenharia Informática

Conhecimentos requeridos:

– Desenvolvimento de aplicações em Javascript (Node.js)

– Experiência com bases de dados NoSQL (MongoDB)

Conhecimentos opcionais:

– Desenvolvimento de front-end e interfaces gráficos

– Server-side rendering frameworks (React / Next.js)

– Serverless deployments (AWS Lambda / Zeit Now)

 

Requisitos de admissão: Ao concurso podem ser candidatos/as nacionais, estrangeiros/as e apátridas que sejam titulares dos graus requeridos em cada um dos perfis. O domínio falado e escrito da língua portuguesa é condição necessária para admissão.

Candidatos com grau académico ou diploma estrangeiro devem apresentar os comprovativos do reconhecimento do grau académico, nos termos do Decreto-Lei nº. 66/2018. Qualquer candidato/a sem o reconhecimento do(s) grau(s) pode ser admitido ao concurso, mas o júri não pode, durante o processo de avaliação das candidaturas:

  1. reconhecer os graus do candidato e avaliar de acordo com a posse de tais graus, qualquer candidato que não tenha a respetiva habilitação reconhecida e devidamente registada;
  2. dar equivalência, ou considerar válida, uma nota de um grau que não esteja reconhecido e devidamente registado;
  3. utilizar a referida nota ou a sua conversão como parâmetro de avaliação, se esta não estiver reconhecida e devidamente registada.

 

Dimensões de seriação dos candidatos: As candidaturas serão ordenadas com base em avaliação curricular e entrevista. A avaliação curricular obedece a três critérios: percurso académico (35%); atividade científica (25%) e experiência profissional (40%). Em todos os critérios será tida em conta a adequação do perfil do candidato às competências que constam do edital e à agenda de investigação do CoLABOR. É valorizada a proficiência na língua inglesa, assim como a frequência ou a intenção de frequência de doutoramento por parte dos candidatos que sejam mestres e de mestrado por parte daqueles que detenham o grau de licenciatura.

 

Plano de trabalhos: As atividades a desenvolver consistem no apoio à investigação e outras atividades de caráter científico, no âmbito do Plano de Atividades do CoLABOR.

 

Legislação aplicável na celebração do contrato: Código de Trabalho Lei Nº. 7/2009, de 12 de fevereiro (e alterações subsequentes).

 

Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido nas instalações do CoLABOR, na Rua das Taipas, nº 1, 1250-264 em Lisboa, ou noutros locais necessários à execução do Plano de Atividades, sob a orientação do Coordenador da linha de investigação a que ficar adscrito/a.

 

Estatuto Remuneratório: A remuneração e demais condições associadas à prestação de trabalho serão fixadas caso a caso, tendo por referência os valores praticados no CoLABOR, as qualificações dos candidatos e o perfil concreto de competências relevantes.

 

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão comunicados a todos/as os/as candidatos/as através de correio eletrónico. As atas do processo de seleção serão enviadas por correio eletrónico a todos/as os/as candidatos/as.

 

Prazo de apresentação de candidatura: O concurso decorre entre 4 e 16 de dezembro de 2019 (17h).

 

Forma de apresentação da candidatura: As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de uma carta de motivação acompanhada dos seguintes documentos: Curriculum Vitae detalhado, cópia dos certificados de habilitações e cópia de outros documentos comprovativos considerados relevantes.

As candidaturas deverão ser remetidas durante o período de abertura do concurso por correio eletrónico para o endereço geral@colabor.pt, ou por correio, com carimbo da data de expedição até ao último dia do concurso (16 de dezembro de 2019 às 17h), para a morada a seguir indicada:

 

A/C Manuel Carvalho da Silva,
CoLABOR
Rua das Taipas nº1, 1250-264 Lisboa, Portugal

O CoLABOR promove a igualdade de oportunidades.

 

Versão pdf